Cuiabá, 19 de Novembro de 2017

Mato-grosso

PRF encontra carro com 7 corpos em lagoa na fronteira entre MT e Bolívia

Por: Redação
Fonte: G1
Corpos são de dois brasileiros adultos e cinco bolivianos, sendo 4 crianças.
Acidente foi na rodovia BR-070, entre Cáceres e a fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. (Foto: PRF)
Acidente foi na rodovia BR-070, entre Cáceres e a fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. (Foto: PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou na manhã desta segunda-feira (15) uma caminhonete com os corpos de dois homens adultos brasileiros, uma mulher boliviana e cinco crianças bolivianas dentro de uma lagoa às margens da rodovia federal BR-070, a cerca de 30 km da fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. O acidente, cujas circunstâncias ainda não são conhecidas, teria ocorrido na noite de domingo (14).

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) em Cáceres, a 250 km de Cuiabá. A perícia apontou que todas as vítimas morreram por afogamento entre as 20h e as 22h30 de domingo.

Segundo o relato dos agentes do último posto da PRF antes da fronteira, na região de Cáceres (a 250 km de Cuiabá), por volta das 8h foi recebido um telefonema informando sobre o acidente.

O telefonema era de um passageiro de ônibus que afirmou ter avistado um veículo caído com as rodas para cima dentro de uma lagoa perto da estrada, que liga San Matías, na Bolívia, a Cáceres. Com base na informação, uma equipe da PRF se deslocou para o local (no Km 784 da rodovia) e conseguiu retirar os corpos de dentro do veículo submerso, uma caminhonete com placas de Goiás.

Segundo os documentos encontrados, as vítimas são dois homens brasileiros de 59 e 40 anos de idade, uma mulher boliviana de 33 anos e outras quatro crianças bolivianas, sendo duas de onze anos, uma de dez e outra de três anos.

De acordo com agentes da PRF que atenderam o caso, não foi possível averiguar as circunstâncias em que a caminhonete desviou da pista (que é uma reta no local), tampouco a razão de ter capotado e caído dentro da lagoa.

As hipóteses são de que o motorista tenha dormido ao volante ou de que tenha colidido com um animal na pista durante a noite. Um agente da PRF relatou ter visto na lataria do veículo resquícios que podem ser de algum animal que tenha se chocado com a caminhonete.