Cuiabá, 19 de Novembro de 2017

Mato Grosso

Preso, ex-secretário de segurança entra com pedido de habeas corpus

Por: Aline Brito
Fonte: Da redação

Foto de Reprodução internet

Preso há mais de uma semana o ex-secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, entrou com pedido de habeas corpus nesta sexta-feira (06), junto com o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O pedido foi distribuído ao ministro Ribeiro Dantas, da 5ª Turma, responsável pela relatoria dos processos oriundo do escândalo dos grampos em Mato Grosso.

O ex-secretário foi preso por determinação do desembargador Orlando Perri, acusado de integrar o grupo que agia para atrapalhar as investigações do sobre as interceptações telefônicas ilegais, supostamente operada por um núcleo militar no Palácio Paiaguás.

Jarbas está preso no  Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), desde o dia 27 de setembro, quando a Operação Esdras foi deflagrada pela Polícia Civil.

Ele vem sendo alvo das investigações desde agosto por suposta obstrução de Justiça e intimidação a equipes envolvidas na ação relacionada aos grampos. Sete dias antes de ser preso, Perri determinou o afastamento de Jarbas do cargo e que ele passasse a ser monitorado eletronicamente.

De acordo com a determinação, enquanto secretário Jarbas teria praticado vários crimes, como abuso de autoridade, usurpação de função pública, prevaricação, embaraço de investigação e também formação de organização criminosa e denunciação caluniosa.