Cuiabá, 22 de Novembro de 2017

Polícia

Motorista de Uber é preso acusado de auxiliar criminosos em assaltos

Fonte: Assessoria

Foto de Divulgação PJC

O motorista do Uber acusado auxiliar dois criminosos em roubos a residências foi preso pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), na quarta-feira (16), após os outros integrantes do grupo serem detidos.

Segundo as investigações, H.W.M., 35, era responsável pela condução do veículo que dava apoio a ação criminosa dos assaltantes.

 O suspeito foi identificado após a prisão de W.H.A.S. e A.M.N, pelos crimes por roubo majorado e associação criminosa. O suspeito foi localizado e preso ainda enquanto era lavrado o flagrante dos assaltantes.

A dupla foi responsável pelo roubo ocorrido em duas residências, sendo uma na terça-feira (15), em Várzea Grande, e outro no dia 3 de agosto, no Bairro Pedra 90.

Em interrogatório, os suspeitos confessaram que não foi a primeira vez que agiram, apontando também roubos cometidos na Big Loja, no Bairro Pedra 90, demonstrando estarem associados criminosamente.

O número do celular do motorista estava registrado no telefone apreendido com os suspeitos com o nome “Uber”. Em levantamentos, os policiais confirmaram que o nome se refere a uma pessoa que dirige um Uber e auxilia a dupla na prática de crimes patrimoniais. Conforme a delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campos, o suspeito trocava de veículo toda semana, dificultando a sua identificação.

H.W.M. foi identificado como condutor do Prisma preto utilizado em um dos roubos praticados pelos criminosos. Na ocasião, eles utilizaram o cartão da vítima para abastecer o carro em um posto de combustível na Avenida Julio Campos, próximo ao local do fato, mas a placa do veículo não foi possível de ser reconhecida pelas imagens das câmeras de segurança.