Cuiabá, 21 de Novembro de 2017

Polícia

Operação cumpre 112 mandados contra traficantes na região do Pedregal

Por: Patricia Xavier
Fonte: Da redação

Foto de PJC-MT

A Polícia Civil cumpre na manhã desta quarta-feira (04), 42 mandados de prisão preventiva e 70 buscas e apreensão, nos bairros Pedregal, Renascer e Jardim Leblon, em Cuiabá. A operação denominada ‘Campo Minado’ é resultado das investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O objetivo da ação é desarticular uma rede de traficantes associados para movimentação de grandes quantidades de droga e abastecimento de bocas de fumo nos três bairros e outros pontos de Cuiabá e Várzea Grande.

Conforme o delegado Frederico Murta, a investigação iniciou há seis meses, com uma série de denúncias informando que após o assassinato do traficante, Enatel dos Santos Albernaz, 37 anos, conhecido por “Maninho”, em 2015, sua mulher passou a comandar o tráfico de drogas na região.

A ex-esposa de Maninho, Y.C.M.G, foi identificada como uma das vozes forte do grupo criminoso, responsável por tomar decisões e articular as transações de grande quantidade de drogas, especialmente, maconha, vinda da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. A Polícia Civil também descobriu que um agente penitenciário tinha participação ativa na organização criminosa.

Ao logo da investigação, a Delegacia de Entorpecentes prendeu onze traficantes, que também terão mandados de prisão cumpridos na operação “Campo Minado”. O trabalho investigativo ainda levou a apreensão de mais de 2,5 toneladas de drogas, que nem chegaram a vir para Mato Grosso.

Os presos serão levados para a sede da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, para os procedimentos da prisão e interrogatórios. As apreensões e flagrantes ficarão na Delegacia de Entorpecentes (DRE).