Cuiabá, 23 de Outubro de 2017

Política

Políticos de Mato Grosso receberam mais de R$ 3 milhões de doações da JBS

Por: Aline Brito
Fonte: Da redação

Informações do Sistema de Prestação de Contas (Spce), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmam que a empresa JBS S/A fez doação de mais de R$ 3,2 milhões para políticos de Mato Grosso.

Na lista estão seis deputados federias, três estaduais e um senador, que foram beneficiados com doações da empresa para financiamento de campanha.

Lúdio Cabral (PT) candidato a governador do estado em 2014, também recebeu doação da JBS. Segundo a planilha do TSE, cerca de R$ 509,3 mil.

Os deputados federais Carlos Bezerra (PMDB) recebeu R$ 1 milhão; Ságuas Moraes (PT), R$ 150 mil; Victório Galli (PSC), R$ 30 mil; Valtenir Pereira (PMDB), R$ 50 mil; Fábio Gárcia (PSB), R$ 150 mil; e Adilton Sachetti (PSB), R$ 50 mil.

O senador Wellington Fagundes (PR) foi o que recebeu o maior volume de dinheiro da JBS, num montante de R$ 1,4 milhão, em três parcelas, sendo todas elas recebidas através do diretório nacional do PR. 

Entre os deputados estaduais estão, o presidente da Casa de Leis, Eduardo Botelho (PSB), que recebeu R$ 350, Allan Kardec (PT), R$ 77 mil e Mauro Savi (PSB), R$ 6,7 mil.